domingo, 25 de novembro de 2012

Devaneios sobre o FunCultura em um dia qualquer de uma artista desvairada


"Absolutamente nada, além de um martírio inútil, poderia resultar de um confronto direto com o Estado terminal, esta megacorporação/ Estado de informações, o império do espetáculo e da simulação. Todos os revólveres estão apontados para nós. Por outro lado, com o nosso armamento miserável, não temos em quem atirar, a não ser uma histeria, num vazio rígido, num fantasma capaz de transformar todo lampejo num ectoplasma de informação, uma sociedade de capitulação regida pela imagem do policial e pelo olho absorvente da tela de tv."( Taz, pg17)

Ao passar pelo Bosque Maia nesta semana vi o início da decoração de Natal que é feita pela Prefeitura de Guarulhos e aí automaticamente pensei: cadê a verba do FunCultura?
            Você pode me questionar e dizer: o que o FunCultura tem a ver com a decoração de natal?
A princípio nada, apenas um devaneio, uma observação crítica que vem a partir da questão desta decoração.
            Pensei na atual política cultural da cidade, mais uma vez, que privilegia grandes acontecimentos e eventos como shows de cantores em evidência na mídia em detrimento de pesquisas na área cultura e de pequenos grupos de artistas. Sendo assim, a decoração de Natal é muito importante para manutenção desta política, por causa da visibilidade e beleza proporcionada pela superestrutura de iluminação utilizada. O Bosque Maia, o principal parque da cidade, com uma grandiosa decoração de Natal, com muitas luzes, enfeites e é claro o Papai Noel será visitado por todas as classes sociais e este acontecimento agradará a todos que no final do ano, com a vaga lembrança de ter vivenciado um ano eleitoral, terão a sensação de que realmente as coisas acontecem por aqui...
Neste ponto, surge o outro devaneio, ou melhor, alucinação dos artistas de Guarulhos: o FunCultura – Fundo Municipal de Cultura do Município! E surge a questão que não quer calar: a secretaria de cultura está muito ocupada com esta decoração e não tem tempo suficiente para convocar os Conselheiros do Fundo Municipal de Cultura e deliberar pela assinatura imediata dos contratos? Os proponentes aguardam ansiosos por esta atitude da Secretária de Cultura que, aliás, recebeu os méritos no ano passado pela excelente decoração de Natal que proporcionou aos cidadãos guarulhenses, já que o edital com os aprovados saiu no Diário Oficial de 12 de junho de 2012. E desde então nada, parece que só o que foi feito nesta cidade foi trabalhar para a reeleição do Prefeito Almeida. Um vazio... Um soluço... Um grito mudo... Um buraco.... E para finalizar, acho que o Papai Noel não passará nas chaminés das casas dos artistas de Guarulhos. Não temos chaminés! 

3 comentários:

Fran macfrazer disse...

Recentemente viajei para a cidade de São Paulo para o trabalho, a cidade parece grande demais e não pode atravessá-la em um curto período de tempo. Infelizmente, quando eu estava prestes a voltar para casa houve uma tempestade e meu voo foi cancelado, mas felizmente a companhia aérea contratou um hotel em imobiliarias guarulhos onde passei a noite.

Anônimo disse...

Esse caso do FUNCULTURA é muito grave, mas não podemos nos esquecer que a Secretaria de Cultura ainda não se manifestou a respeito do Prêmio Guarulhos Cultural. Mais um duro golpe sobre o trabalho artístico da cidade. Espero que tudo mude no próximo ano.

Anônimo disse...

E também não se manifesta a respeito da Lei de Fomento ao Teatro e Dança...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...